Arte, privilégio e distinção – José Carlos Durand